Eletrobras Eletronorte realiza Campanha Ambiental em Rondônia

A Eletrobras Eletronorte realizou uma campanha de educação ambiental e comunicação institucional no Assentamento Flor da Amazônia, no município de Candeias do Jamari (RO), onde está instalada a Praça de Eletrodo de Terra do Bipolo 1 do Sistema de Transmissão em Corrente Contínua – HVDC. O Eletrodo de Terra é um importante componente do empreendimento, cuja finalidade é flexibilizar os modos de operação do Sistema HVDC.

Durante a campanha na comunidade foi aplicado um questionário de avaliação, com o objetivo de verificar as condições do local pós-obra e quais as influências do empreendimento. Em conjunto com o questionário foi distribuído ainda para a comunidade, panfleto contendo informações sobre o empreendimento e orientações ambientais.

“O trabalho na comunidade foi importante para esclarecer sobre a obra no local. Na oportunidade foram também enfatizados aos moradores entrevistados, os cuidados necessários para minimizar e prevenir os riscos elétricos da linha de transmissão em Corrente Contínua, afinal contamos com a comunidade como parceira para que nos informe qualquer tipo de eventualidade que ocorrer no local”, explicou o biólogo Fabiano Cossetin.

“Um empreendimento deste porte necessita ter uma Licença de Operação expedida pelo Instituto de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis  – IBAMA. A Licença é emitida mediante o cumprimento de condicionantes firmados com este órgão. Além da campanha, estão contidos no conjunto de condicionantes deste empreendimento a implantação do Programa de Gestão Ambiental, as medições de temperatura e umidade do solo”, explicou o coordenador do Meio Ambiente da Eletrobras Eletronorte, Fernando Inácio Borges Bastos.

Durante a abordagem no assentamento foram disponibilizados os telefones para contato em caso de emergência e da Ouvidoria local.

“Receber a visita da equipe foi interessante e bem-vinda, já que os eletrodos estão dentro de nossas propriedades e assim podemos informar também à empresa sobre qualquer ocorrência”, disse a sitiante Maria de Nazaré da Silva Ribeiro. A Praça de Eletrodos está instalada a cerca de 60 km da Subestação Coletora Porto Velho.

Agência Eletronorte, por Terezinha Félix

Sem comentários