Sistema vai identificar com precisão o local de falhas nas linhas de transmissão

Entre os dias 29 de fevereiro e 4 de março foi realizado um treinamento para utilização do Sistema Integrado de Manutenção Preditiva e Operação – Simpo, um novo sistema computacional desenvolvido por meio de projetos de P&D da Empresa.

Tanto o sistema quanto o treinamento para as equipes da Eletrobras Eletronorte é fruto de parceria da Empresa com as universidades de Brasília – UnB e de Campinas – Unicamp. A expectativa é que a ação forme quadros qualificados no Simpo, tanto para a utilização quanto para programação. Para a realização desse treinamento foram utilizados métodos presenciais e virtuais. Um grupo de participantes acompanhou as aulas presencialmente com os professores, enquanto outro acompanhou online, pelo link disponibilizado. Eram feitas simulações em situações de crise, envolvendo potenciais falhas no sistema de transmissão.

Desenvolvido dentro do projeto nomeado “Diversidades de Sistemas de Supervisão, Monitoração e Controle nas Instalações Elétricas de Geração e Transmissão”, o Simpo tem como propósito criar uma metodologia de coleta e análise de dados monitorados nas instalações elétricas de geração e transmissão da Eletrobras. Busca, também, a produção de diagnósticos e prognósticos de estados de funcionamento e informação que auxiliem a tomada de decisão quanto a ações operacionais e de manutenção de máquinas, visando o aumento eficiência dos equipamentos. De acordo com os pesquisadores, saber com precisão o local das falhas nas linhas de transmissão de energia elétrica contribui para reduzir custos e acelerar o restabelecimento dos serviços em eventuais problemas ocasionados nas instalações.

Os principais responsáveis pelo projeto são os professores doutores Alberto José Alvares e Ricardo Ribeiro Gudwin. “O Simpo foi desenvolvido a partir de uma demanda da Eletronorte. A empresa necessitava de uma ferramenta que a auxiliasse nos diagnósticos de uma maneira rápida e eficaz”, explica Alvares.

De acordo com Antônio Araújo Lima, da Gerência de Supervisão, Regulação e Proteção, o projeto iniciou em fevereiro de 2012 tem como previsão de término agosto deste ano, e vai contribuir para a otimização de recursos e para a excelência no processo de operação.

Agência Eletronorte, por Rebeca Dominick

Sem comentários