Os cinco trabalhos de Ademir

Todo mundo já ouviu falar dos 12 trabalhos de Hércules, uma série de episódios arcaicos ligados entre si por uma narrativa contínua, relativa a uma penitência que teria sido cumprida por um dos maiores heróis gregos, Héracles, mais conhecido em português como Hércules. O épico jamais encontrou semelhança, mas no Maranhão, não como penitência, mas como resultado do espírito inovador, nosso “Hércules” se chama Ademir Vitorino de Assunção, um desenvolvedor de melhorias.

ademir-icamento-pecasAntigo “gitiano”, com mais de 35 anos de casa, Ademir participou da primeira lavagem de isoladores e equipamentos em linha viva na classe de tensão em 500 kV, como também da primeira substituição de fundações tipo grelha”. Vamos conhecer os cinco trabalhos de Ademir na área da inovação.

Primeiro caso. Devido aos esforços hercúleos, causadores de sérios desgastes físicos nos eletricistas durante o içamento de materiais tais como peças veículos motorizados, que poderiam provocar o rompimento da corda de serviço, ocasionando um possível acidente inerente à atividade executada, Ademir, em 1984, inovou a rotina de execução da referida tarefa. Hoje, quando acontece o içamento de materiais, o esforço físico é extremamente menor que antes, com um simples procedimento: quando o material usado desce da torre, ao mesmo tempo o material novo sobe, mantendo o peso dividido (balanceado), e tornando mais prático e menos trabalhosa a manutenção de linhas de transmissão.

Segundo caso. Em 1986, quando observou a dificuldade e risco de acidentes, na retirada e colocação do tubo da bucha do autotransformador e banco de reatores em 500 kV, ligado ao cabo  para-raios, para realizar a transferência de fase, com auxílio de dois eletricistas, o risco de queda do tubo era muito alto. Ademir mudou a forma de manuseio, amarrando uma só corda no meio do tubo, com um só eletricista na cesta e dois segurando as cordas nas extremidades no solo para fazer o balanceamento. A medida facilitou o manuseio da corda pelos eletricistas em solo, tornando o serviço mais seguro e sem risco de quedas e acidentes.

Terceiro caso. Outra inovação feita pelo Ademir foi a construção de uma ponte de safena, mais conhecida tecnicamente como um jumper/safena. Em 1999, ele observou a detecção de um ponto quente no conector-pino da bucha da fase V, de um transformador rebaixador 230/69/13.8 kV, o que poderia ocasionar um desligamento da linha ou até mesmo um blecaute em todo o sistema. O jumper/safena foi feito do conector ao cabo energizado e, dessa forma, a corrente procurou outro caminho, um desvio para dividir a corrente. Assim, a primeira safena realizada em um sistema elétrico da Empresa resultou na baixa da temperatura em 100%. A partir daí o procedimento foi repetido em várias subestações, em disjuntores, chaves seccionadoras e bobinas de bloqueios e, atualmente, ainda é utilizado quando necessário.

Quarto caso. Antes de 2003, para prevenir os riscos de desligamentos do sistema por poluição e, consequentemente, pontos quentes em isoladores e outros equipamentos, era necessário realizar uma lavagem nesses apetrechos mensalmente, tendo ainda que manter desligada a barra 1 do setor em 13.8 kV, e, após devidamente lavados, serem energizados para o posterior desligamento da barra 2, ocasionando um custo adicional, ou seja, e prejuízo para a Empresa e consumidores. O procedimento poderia ocasionar risco de apagão, explosões de equipamentos, bem como risco de vida aos eletricistas. Em 2003, Ademir, juntamente com o colega Djalma Campos, adotaram como melhoria a antecipação no calendário de lavagem desses equipamentos de 30 para 20 dias, sem a necessidade de desligar os barramentos, que permanecem energizados durante o procedimento da lavagem em todos os setores (13.8 kV, 69 kV, 230 kV e 500 kV), possibilitando um ganho relevante para a Empresa e consumidores.

ademir-tubo-pvcQuinto caso. Devido ao alto grau de corrosão nos cabos para-raios de alumínio e de fibra ótica de forma acentuada e progressiva, causada pelos excrementos de aves migratórias (principalmente urubus), vários vãos de cabos foram substituídos por outros novos para evitar o rompimento e o desligamento das linhas de transmissão. Para solucionar o problema de relevante impacto em vários aspectos, Ademir inovou, em 2004, ao propor uma proteção utilizando tubos PVC de 50 mm e 100 mm, os mesmos usados na rede de esgotos. Sua ideia foi fazer um corte de 2,5cm no sentido do comprimento, para revestir os cabos para-raios e o grampo de suspensão. Desde então, até hoje o sistema é usado em linhas de transmissão novas e antigas, onde há a presença de aves migratórias e, dessa maneira, têm sido evitadas corrosões e rompimentos, e consequentemente a queda e o desligamento de sistemas de transmissão.

É ou não é um “Hércules” da inovação o nosso Ademir?

 

 

 

Agência Eletronorte, por Alexandre Accioly

Com informações da Agência Eletronorte/Maranhão

16 Comentários

  • Responder
    Fernando
    janeiro 26, 2017

    Exemplo de profissionalismo,competência e comprometimento.
    Grande orgulho de trabalhar e ter aprendido muito com seus ensinamentos.
    Parabéns Ademir,você merece esse reconhecimento.

  • Responder
    Janette
    janeiro 26, 2017

    Ademir é o Cara. Parabéns.

  • Responder
    Elmo
    janeiro 26, 2017

    Esse senhor é simplesmente uma das pessoas mais especiais e inteligentes que conheço, esses trabalho que foram citados são apenas alguns da infinidade de itens no histórico dele, parabéns Ademir Vitorino, eu tenho a horna de ter te conhecido e me considerar amigo seu

  • Responder
    Jorge
    janeiro 26, 2017

    Excelente profissional. É uma honra conhecê lo e trabalhar com ele. Um exemplo de competência, experiencia e comprometimento, aliados a um grande espírito de equipe. Parabéns Ademir.

  • Responder
    Flavio
    janeiro 26, 2017

    Ademir é indiscutivelmente um ícone de empenho e conhecimento na área de Linhas de Transmissão.
    Grande honra ser da mesma divisão e da mesma equipe de LT que ele.
    Parabéns Ademir, você merece esse reconhecimento.

  • Responder
    EZEQUIAS CASTRO
    janeiro 26, 2017

    Parabéns Ademir, um profissional exemplar, comprometido com a segurança do trabalho, respeitado por todos, visando sempre a coletividade, e de um caráter admirável. somos gratos por sua colaboração, e contribuir no sucesso da empresa.

  • Responder
    Newton Rodrigues
    janeiro 26, 2017

    Parabéns Sr. Ademir, você é um orgulho para equipe de linhas da OMAD, da divisão da OMAD e da nossa regional OMA, isso mostra como a Eletrobrás Eletronorte tem o privilegio de ter uma mão de obra tão qualificada e isso se mostra nos trabalhos que são realizados pela equipe de linha da OMAD.
    Essas atitudes tem que ser exaltada e incentivadas a todos para termos esse espirito da inovação.
    É uma questão de orgulho quando um membro da equipe consegue demonstrar seu potencial.

  • Responder
    CARLOS AUGUSTO
    janeiro 29, 2017

    CLARO QUE E, NÃO SO UM HERCULES MAS SIM UM TRABALHADOR EXEMPLAR EM TUDO , PARABENS ADEMIR.

  • Responder
    HERONDY
    janeiro 30, 2017

    PARABÉNS GRANDE SR. ADEMIR, VOCÊ É UM EXEPLO DE PROFISSIONALISMO, NÃO SOMOS DA MESMA DIVISÃO, MAS JÁ TIVE O IMENSO PRAZER DE PARTICIPAR DE TRABALHOS COM VOCÊ, QUE PRA MIM, FOI MAIS UM GRANDE APRENDIZADO. MAIS UMA VEZ, PARABÉNS!

  • Responder
    Maria do Socorro Silva
    janeiro 30, 2017

    Parabéns Ademir!

    Você é um exemplo a ser seguido.

  • Responder
    janeiro 30, 2017

    Eu como eletricista de Linha de Transmissão da Eletrobrás Eletronorte aqui no Amapá, fico imensamente feliz quando ouço essas histórias de nossa classe; história de trabalho, de luta, de garra, de melhorias para tornar nosso trabalho menos sacrificante possível, o quê é peculiar da nossa área.
    Parabéns Ademir; mais alguns anos de trabalho com muita saúde e sem acidentes….
    Valeu!!!!!
    Josimar; Macapá AP; Brasil.

  • Responder
    Sérgio
    janeiro 30, 2017

    Caro Ademir,

    A Regional de Transmissão do Maranhão orgulha-se de termos profissionais como você. Que o seu exemplo possa permear e contaminar todos os nossos empregados, na busca incansável da melhoria contínua, pois este é o caminho. Você é para todos nós uma referência na dedicação e comprometimento com a perpetuação da nossa empresa.
    Parabéns!!!

  • Responder
    Eugênio
    fevereiro 2, 2017

    Prezado Ademir,
    A busca continua de novos procedimentos que proporcionam menos esforços físicos, mais segurança aos trabalhos e aliados com a redução de custos são muito importantes para todos. Exemplo de profissional firme e dedicado.
    Parabéns
    Eugênio

  • Responder
    Rinaldo
    fevereiro 13, 2017

    Gostei muito da reportagem, pois divulga o trabalho de uma pessoa comprometida e incentiva a ele e a todos nós na busca de melhorias, conheci o Ademir a muitos anos quando eu era treinando bolsista em São Luís, mas não sabia destas suas habilidade, parabéns Ademir, continue nesta sua incansável luta pelas melhorias.

  • Responder
    Chagas
    abril 7, 2017

    Parabéns é o mínimo que posso deixar aqui escrito a você amigo, todos os colegas já teceram comentários e elogios que merece. Que bom seria se esse Hércules não nos deixasse mas, a vida é assim e espero que ainda passe um tempinho conosco nos deixando muitos ensinamentos, satisfação em tê-lo ao nosso lado.

  • Responder
    Juvenal
    abril 7, 2017

    Trabalhei na Regional do Maranhão e o conheci, parabéns meu querido pelo talento que és.