Aprendizes recebem certificado de conclusão de curso em Cuiabá

Cerimônia de encerramento de estágio contou com a presença da Superintendência de Trabalho e Emprego, Sine e Senai

 

Cuiabá – “Aprendi o máximo que pude, tenho certeza que é só o começo da minha vida profissional e ter no meu currículo, o nome da Eletronorte é muito gratificante”, afirmou a jovem aprendiz Monique Evellin Ferreira Costa, 18. A estudante e mais três aprendizes receberam o certificado de conclusão do estágio prático, na Regional de Transmissão da Eletronorte em Mato Grosso, com sede em Cuiabá.

Abr Encerramento Jovens Aprendizes (21)A cerimônia contou com a presença da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) que classificou a Empresa como de excelência no Programa Jovem Aprendiz. A Eletronorte desenvolve o Programa desde 2003 e, a partir de então, proporcionou a inserção de 130 jovens no mercado de trabalho.

Após participarem do estágio teórico no Senai, os estudantes iniciam a fase prática na área administrativa da Empresa, orientados por coordenadores do setor em que desenvolvem as atividades, e por uma assistente social, responsável por fazer o acompanhamento profissional, familiar e escolar, durante todo o estágio. Os jovens também tem a oportunidade de realizar cursos em plataforma online, por meio do Sistema DTCom. “Conclui 88 cursos durante o meu estágio e acredito que esse conhecimento vai contribuir com o meu currículo”, destacou a estudante Anna Vitória Dias.

Tanto o relato dos jovens aprendizes quanto o modelo de trabalho adotado pela Empresa contribuíram para o reconhecimento como instituição modelo, pela SRTE. “Trabalhar como cota é fácil, trabalhar como modelo de transformação de vida é difícil e é isso o que vocês estão fazendo aqui. Nos sentimos sensibilizados e acreditamos que essa célula seja um modelo que precisa ser replicado”, analisou o Auditor Fiscal, Valdinei Arruda.

A analista de educação do Senai, Silvia Wilmann, indicou a Eletronorte como instituição modelo, durante o evento “Aspectos Legais e as principais Ações no Programa da Aprendizagem Industrial”, promovido em março, pela Federação Nacional das Indústrias de Mato Grosso. “É muito importante ver a valorização do Programa, na visão daqueles que recebem os jovens aprendizes. Notamos que é uma empresa que se importa, abre as portas e participa”, destacou.

Para a gestora do Programa em 2016/2017, Solange Maria da Silva, o projeto na Empresa vai além dos requisitos previstos em Lei. “Não desenvolvemos apenas para cumprir a legislação, mas para formar cidadãos de bem, homens e mulheres com coragem e empoderados”, destaca.

Acompanhamento

 O Sine foi convidado a participar do evento no intuito de dar continuidade dos jovens no mercado de trabalho.  “Eles serão cadastrados no Sine e poderão ser direcionados para concorrer a possíveis vagas de emprego”, afirmou a assistente social da Eletronorte, Fabyulla Lesco.

O gerente da Regional de Operação de Mato Grosso, Edson Raupp Junior, agradeceu aos jovens e desejou sucesso na nova jornada. “Com certeza eles vão trilhar o caminho no mercado de trabalho com muito sucesso”. Na ocasião, foram entregues cartas de recomendação aos pais, que também se emocionaram com os depoimentos dos coordenadores e da força de trabalho que atuou diretamente com os estudantes.

Agência Eletronorte, por Nágera Dourado/Cuiabá

 

Sem comentários