SNPTEE: Eletronorte começa a apresentação de 24 trabalhos técnicos

Teve início nesta segunda-feira, dia 23, a apresentação dos 519 trabalhos técnicos selecionados para o XXIV SNPTEE, que acontece até dia 25 em Curitiba (PR). Entre eles, 24 são da Eletronorte. A reportagem da Agência Eletronorte acompanhou algumas das apresentações do dia de hoje. Confira o resumo:

Roberto Alves Quental apresentou o trabalho “Implantação de Norma Interna de Requisitos Técnicos de Eficiência Energética na Aquisição de Equipamentos de Climatização de Pequeno Porte”. Antes da norma eram adquiridos apenas 30% de equipamentos mais eficientes e, depois, 84%. Uma melhoria significativa no processo de aquisição de equipamentos de climatização e refrigeração a partir da organização das especificações técnicas.

Álvaro Raineri apresentou a “Certificação de Seis Fronteiras da UHE Tucuruí na Norma ISO 50.0001”. Foi implementado em Tucuruí um sistema de gestão de energia em seis edificações: centro de supervisão, centros administrativo, de treinamento, cultural e ambiental, além da estação de tratamento de água. O resultado foi uma economia de até 15% no consumo.

Jader Rios Balbino falou sobre a “Estruturação do Procedimento de Implantação de Empreendimentos de Transmissão Corporativos”. Segundo ele, a criação de uma metodologia e de procedimentos no acompanhamento de obras de transmissão possibilitou uma redução significativa nos prazos e nos custos de implantação desses empreendimentos. Antes, a Empresa tinha atrasos de até 18 meses. Hoje essa taxa está próxima de zero. A economia no período de 2011 a 2016 foi de R$ 95 milhões.

Silvia Frattini fez uma avaliação dos 15 anos do Pirtuc, programa de desenvolvimento regional junto aos municípios de montante de Tucuruí. Órgãos ambientais culpavam a hidrelétrica por diversos problemas sociais e ambientais, mas levantamento realizado mostra que no pico da obra da segunda etapa da casa de força foram mobilizados mais de sete mil homens, enquanto os assentamentos do Incra no mesmo período incluíram 84 mil pessoas na região. Ações de melhoria e construções nas áreas de educação, saúde e saneamento básico possibilitaram um aumento no Índice de desenvolvimento humano dos municípios – IDHM, entre 2000 e 2010, de 48,7%, bem acima dos indicadores estadual e nacional.

Uma apresentação bastante concorrida foi “Exploração de Energia Solar no Lago da UHE Balbina”, por Jorge Luis Moreira Pereira. O uso de placas solares coletoras flutuantes vai ocupar uma área de um hectare para produzir um megawatt.pico (MWp) de energia. Serão instalados 4.088 painéis que, além de gerar energia solar, diminuem a temperatura da água, reduzindo a evaporação. A geração começa em fevereiro de 2018 e até agosto daquele ano já serão cinco MWp instalados no lago de Balbina.

Você acompanha aqui todo o noticiário do XXIV SNPTEE.

Agência Eletronorte, por Alexandre Accioly

 

*A matéria foi atualizada para ajuste de informações. 

Sem comentários