Sistema de Gestão Ambiental passa por auditoria interna no Amapá

Em outubro, o Sistema de Gestão Ambiental (SGA) aplicado às instalações da Regional de Operação do Amapá passou por auditoria interna com base na norma NBR ISO 14.001:04. Com a participação dos auditores ambientais do Departamento de Meio Ambiente de Empreendimentos de Geração e Transmissão (EMPA), Cassio Donizete Federighi e Marcelo Gomes de Alencar, passaram por verificações as instalações da Usina Hidrelétrica Coaracy Nunes, Subestações Coaracy Nunes e Santana, assim como a Linha de Transmissão 138 kV C1 e C2.

De acordo com o coordenador do SGA, Denis Marques de Oliveira, a auditoria interna reforçou a preocupação quanto ao envolvimento da alta administração em manter o ciclo da Gestão Ambiental. “Na Eletrobras Eletronorte, este ciclo tem como foco a certificação para os próximos períodos, onde teremos que migrar para a nova versão da norma ISO 14.001”, disse.

Dentre os critérios de avaliação estavam o atendimento à Política Ambiental, requisitos legais aplicáveis, treinamento, comunicação, aquisição, segurança no trabalho, controle de documentos, inspeção na planta, identificação e avaliação de aspectos e mitigação de impactos ambientais reais ou potenciais. “A questão ambiental é um processo intrínseco, tem que fazer parte da rotina de trabalho e não ser um processo isolado”, afirmou o auditor Marcelo Alencar.

A auditoria teve como objetivos, entre outros, promover uma reflexão das práticas de gestão ambiental, com a consequente revisão de processos. “E, nesta análise crítica, transformar o que estiver fora da conformidade em oportunidade de melhorias para alcançar o máximo do desempenho ambiental de cada processo operacional do empreendimento”, acrescentou Denis.

Agência Eletronorte/Amapá, por Flávia Dias.

 

Sobre o autor  ⁄ cesar

Sem comentários