Mato Grosso: equipes orientam produtores rurais em campanha contra as queimadas

Produtores rurais do sul e do oeste de Mato Grosso receberam orientações durante a Campanha contra queimadas 2018, realizada por representantes das equipes de Linhas de Transmissão e de Meio Ambiente da Eletrobras Eletronorte. De 06 a 22 de junho, colaboradores visitaram propriedades em quatro trechos de Linhas de Transmissão do Estado e beneficiaram mais de 300 pessoas.

Neste ano de 2018 foram priorizadas as propriedades rurais ao longo da Linha de Transmissão. O objetivo era orientar os fazendeiros e funcionários das fazendas com relação aos cuidados necessários para realizar trabalhos ao entorno das linhas de transmissão bem como os perigos de queimadas próximo aos cabos condutores de energia.

De 11 a 14, foi realizada a atividade no trecho Jauru – Vilhena da LT Jauru/Porto Velho 230 kV C3, pelo engenheiro florestal Roberto Psendiziuk. Representando a área de meio ambiente, o colaborador afirma que “os trabalhadores do campo se interessam pelas linhas de transmissão e estão cada vez mais conscientes sobre a importância da preservação do meio ambiente”.

Na região sul, o trabalho foi realizado nos trechos: Couto Magalhães – Rondonópolis; Barra do Peixe – Rondonópolis e Rondonópolis – Cuiabá. Segundo o palestrante e eletricista de linha, Adenir Ribeiro, foram apresentados conceito de energia; o caminho da energia da geração até o consumidor; linha de transmissão de energia; cuidados necessários para conviver com as linhas de transmissão e trabalhos desenvolvidos pela Eletrobras Eletronorte.

“Procuramos falar com os trabalhadores que estão diretamente ligados ao campo com relação aos cuidados com a LT e os riscos que a função oferece. Como estamos na entre safra, as grandes fazendas estão com um número reduzido de empregados, por isso foi necessário além das palestras fazer ‘um corpo a corpo’ conversando diretamente com os funcionários, distribuindo as cartilhas educativas e esclarecendo dúvidas frequentes”, afirma.

 

Sobre o autor  ⁄ dila

Sem comentários