Prevenção às queimadas no Tocantins

Em 2017, o Tocantins teve mais de 20 mil focos de queimadas. A maioria, 8.783, foi registrada no mês de setembro. Este ano, o governo do Estado já decretou risco de desastre ambiental em decorrência de incêndios florestais em várias regiões. Preocupada com essa situação, e atenta aos riscos que as queimadas podem provocar na transmissão de energia, no mês de junho a Eletronorte promoveu a campanha de conscientização contra queimadas no rádio, na TV e também com o tabalho das equipes ao longo das linhas de transmissão que passam pelo Tocantins.

Os eletricistas de linha de transmissão da Regional de Operação do Tocantins percorreram o trecho entre o município de Miracema do Tocantins e Imperatriz, no Maranhão, parando em cada propriedade rural e nas escolas para sensibilizar a comunidade sobre os riscos do fogo nas proximidades da linha. O eletricista Jorge Luiz Pereira comenta: “Alertamos que o fogo pode provocar o desligamento da linha de transmissão ocasionando blackout em várias cidades, além de ser risco para os moradores e animais próximos às linhas de transmissão”.

Além da palestra de sensibilização, os eletricistas entregaram cartilhas com orientações para adultos e crianças e cartazes com o número do Disque Queimadas – 0800 63 1234 e da Linha Verde Ibama – 0800 61 8080. Paralela a essa atividade, a Regional do Tocantins também está cuidando da conservação de faixa de servidão, com o objetivo de evitar que possíveis focos de calor na vegetação alcancem as linhas de transmissão de energia.

As queimadas são um dos principais motivos de desligamentos, perdendo apenas para as descargas atmosféricas. Em 2017, a Regional do Tocantins reduziu de dez para cinco os desligamentos provocados por esse motivo. (Agência Eletronorte/Tocantins)

Sem comentários