Conferência de inovação discute novas alavancas de criação de valor

anpei

A 17ª Conferência de Inovação Anpei 2018 aconteceu nos dias 15 e 16 de agosto em Gramado, no Rio Grande do Sul. Realizado desde 2001, o evento tem se consolidado como fórum privilegiado para o encontro de representantes de empresas, agências do governo e instituições de ciência, tecnologia e inovação para discussão e encaminhamentos de políticas e práticas voltadas à inovação nas empresas e no país.

Em 2018 o evento contou com palestras de especialistas nacionais e internacionais, apresentação de cases de inovação de grandes empresas e instituições, debates, networking, rodadas de negócios e visitas técnicas.

Coordenador técnico das duas últimas edições da Conferência, Luiz Claudio Frade, da Coordenação de Gestão Corporativa da Eletronorte, avalia que o evento trouxe debates muito relevantes para o ecossistema de inovação. – “Desde que conheci a Conferência de Inovação da Anpei, em 2004, a Eletronorte sempre participou, exatamente porque essa Conferência traz novidades e inovações em todos os segmentos que impactam diretamente não só a Eletronorte, mas todas as empresas”.

Além de Luiz Claudio Frade, participaram do evento Fábio Solon, gerente do Departamento de Arquitetura e Segurança de Tecnologia da Informação; Jorge Braga, da Assessoria da Diretoria de Gestão Corporativa; Marcondes Cunha, da Divisão de Soluções de TI, e Norberto Bramatti, do Laboratorio Central. – “Fica cada vez mais evidente que, para mantermos a sustentabilidade empresarial, é preciso nos adaptarmos aos desafios do futuro, trabalhar diferente para nos mantermos competitivos no mercado”, avalia Solon.

Novas Alavancas

De acordo com Frade, com o tema “As novas alavancas de criação de valor”, a Anpei utilizou quatro alavancas – tecnológica, organizacional, ecossistema e clientes e mercados – para apresentar o que está sendo feito nas mais diversas empresas brasileiras. “Em paralelo com os cases de sucesso, também tivemos uma visão do novo mundo, dada pelo consultor internacional Hitendra Patel, sobre as disrupções que estão impactando todos os negócios de alguma forma”, afirma o coordenador técnico do evento.

No primeiro dia da Conferência, Patel, que é fundador da consultoria global IXL Center de inovação, afirmou: “quem domina o mercado dos millennials são empresas inovadoras, com menos de 20 anos”. Para o diretor da Anpei, Ricardo Marques, “as tecnologias disruptivas surgem a cada momento para desafiar o modelo arcaico e engessado das grandes empresas que conseguiram sobreviver sem alterar o seu modelo de negócio”.

Segundo Fábio Solon, a Conferência levou à reflexão de que é fundamental investir em novos negócios, captando novas receitas, lançando desafios e promovendo soluções. “São necessárias redes e parcerias entre as empresas para falarem abertamente de seus problemas e estudarem formas de incentivar o mercado a encontrar as soluções, além da necessidade de empoderar sua força de trabalho a fazer o mesmo”.

Em breve você vai conferir na TV Eletronorte o resultado da produção dos colegas que participaram do evento.

Sobre o autor  ⁄ Michele Silveira

Sem comentários