Sistema de transmissão é recomposto em Marabá após vandalismo

O desligamento da Linha de Transmissão Marabá-Carajás (PA) foi detectado pelo Centro de Operação de Marabá nas primeiras horas da manhã do dia 20 de outubro. Ao chegar ao local indicado pelo sistema de localização de falhas, a equipe de manutenção de linhas se deparou com duas torres contendo mais de 70 isoladores destruídos por ação de vândalos.

A partir de então, a equipe da Divisão de Transmissão de Marabá da Eletronorte mobilizou-se para iniciar os trabalhos de recomposição. Ao todo, foram realizadas manobras de substituição dos isoladores em duas torres que compõem a linha. A ação emergencial consistiu na troca dos equipamentos danificados por isoladores de material polimérico, contando com a participação de todos os técnicos da Divisão. Os trabalhos começaram por volta das 11h30 da manhã.

Superando a dificuldade de acesso ao local da ocorrência, o calor escaldante do verão sul paraense e outras adversidades, o empenho e o esforço empreendidos foram recompensados com a liberação da linha para energização por volta das 17h.

“Infelizmente, esta ação de vândalos em atirar nos vidros das cadeias de isoladores, tem um fortíssimo impacto na qualidade de vida de todas as pessoas, pois a falta de energia se torna um problema econômico, social, de segurança pública e traz muitas outras consequências negativas”, declara o gerente da Divisão de Marabá, Márcio Farias Lima.

Ainda segundo a gerência, essa foi a primeira ocorrência do gênero naquela região, que agora vai entrar no mapa da campanha contra vandalismos da Empresa. “Graças à logística disponibilizada pela Empresa, o nosso trabalho foi bem realizado e a equipe de eletricistas executou com rapidez e segurança, acima de tudo, a recomposição do sistema. Estamos sempre prontos para desempenhar nosso papel e garantir o sucesso da Eletronorte”, conclui o eletricista de linhas Venâncio Alves de Souza.

Sobre o autor  ⁄ dila

Sem comentários