Transmissão

Campanha contra queimadas mobiliza equipes da Eletronorte e comunidades em Rondônia

Rondônia está entre os 10 Estados do país com mais focos de incêndios acumulados de janeiro a julho deste ano. Dos seus 52 municípios, cinco têm registrado números alarmantes de focos de incêndios. A capital, Porto Velho, é a única do Brasil na lista dos municípios com maior número de ocorrência de focos dos últimos cinco anos, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – Inpe. Mais de oito mil focos de calor já foram registrados no estado, segundo a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental – Sedam. De acordo com estatísticas do Corpo de Bombeiros, só neste ...

Leia mais →

Comunidades do entorno da LT Jauru – Vilhena recebem orientações sobre queimadas

Moradores são orientados sobre os riscos dos focos de incêndio próximos às linhas de alta tensão   Mato Grosso – Até quinta-feira, 10, a comunidade que vive no entorno  da Linha de Transmissão Jauru – Vilhena 230 kV receberá orientações da cartilha Como Conviver com as Linhas de Transmissão, parte da campanha de prevenção a queimadas realizada pela Eletrobras Eletronorte. Os organizadores da iniciativa vão também percorrer os municípios de Vilhena, em Rondônia, e Comodoro e Jauru, em Mato Grosso. Integrantes de associações, trabalhadores rurais e estudantes de seis instituições de ensino aprenderão sobre os cuidados com o meio ambiente ...

Leia mais →

Eletronorte lança campanha contra queimadas

A Eletrobras Eletronorte iniciou no último sábado, 15 de julho, a campanha de utilidade pública Queimadas 2017. Com o conceito “Quem tem consciência não queima. Acenda essa atitude”, a Empresa reforça a ideia de que, para evitar as queimadas, é necessário ter consciência de todos os problemas que ela traz. “A palavra acenda, em sua ambiguidade, traz o sentido de que não precisamos acender o fogo, e sim, atitudes para diminuir o índice de queimadas”, declara Isabel Ferreira, superintendente de Comunicação e Relações Institucionais. A campanha está sendo divulgada por meio de vts e jingles nas principais redes de televisão ...

Leia mais →

Maranhão: em operação inédita, equipe faz troca de balancim em linha energizada

Um dos significados de inédito, na definição do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, é aquilo que nunca foi visto, sem precedentes, original. Exatamente como o trabalho feito  de 20 a 24 de fevereiro passado pela  equipe de linhas da Divisão de Transmissão São Luís II (OMAD) nas torres 93 e 101 da linha LDMRLT601, em 230 kV, na Subestação São Luís II – Miranda. Depois de minucioso estudo e planejamento da operação, os técnicos fizeram a troca de balancim do lado energizado ao potencial sem a programação de um desligamento.  Conforme explica Jeferson Charles Moraes Santos, da OMAD,  desde o ...

Leia mais →

Pesquisa apresenta alternativa de transmissão com a tecnologia meia onda

Oferecer uma alternativa para a “Transmissão de Energia a Longas Distâncias com a Tecnologia Meia Onda”. Esse é o objetivo do Projeto Estratégico 004/2008 proposto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que acaba de ser concluído pela Eletrobras Eletronorte, como proponente, em parceria com a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) e Empresa Norte de Transmissão de Energia Elétrica S/A (Ente), tendo a Unicamp como principal entidade executora. Atualmente, as grandes fontes potenciais de geração hidrelétrica no Brasil encontram-se na Região Amazônica, distante dos grandes centros consumidores. E o transporte de grandes blocos de energia elétrica através de ...

Leia mais →

GIT Maranhão: 35 anos de comprometimento com a Eletronorte

 “O espírito de companheirismo e comprometimento dos gitianos e de toda a família da Regional de Transmissão do Maranhão (OMA) é mola propulsora das nossas realizações e do nosso trabalho. Sou também um gitiano – e muito me orgulho disso –  e sei da importância que teve o projeto para os feitos da Eletronorte. Não é à toa que, mesmo depois de 35 anos, continuamos todos relembrando a importância que o  GIT teve para a nossa formação profissional e para a estruturação e o desenvolvimento da Empresa”. (Sérgio Abreu, gerente da Regional de Transmissão do Maranhão) Em 1º de fevereiro ...

Leia mais →

Mato Grosso: em Nova Mutum, energização amplia em 50% a capacidade da Subestação

Terceiro transformador é energizado em Nova Mutum A energização do terceiro transformador 230/ 69/ 13,8 kV na Subestação Nova Mutum, em Mato Grosso, foi concluída com sucesso na sexta-feira, 20 de janeiro. A obra realizada pela Eletronorte, conforme a Resolução Autorizativa nº 4.347, de 24/09/2013, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), contou com investimentos de R$ 8,6 milhões, possibilitando o aumento na capacidade de transformação na Subestação em 50%. A entrada em operação do equipamento trouxe benefícios tanto para a rotina da Eletronorte, como para a sociedade em geral, explica o gerente do Centro Regional de Operação de Mato ...

Leia mais →

Subestação Santa Maria recebe energização de autotransformador e garante melhorias na região nordeste do Pará

A Divisão de Transmissão do Guamá (OTPG) está sempre em busca de melhorias contribuindo para a eficiência e eficácia operacional. Durante o mês de setembro, foi realizada a energização do autotransformador SRAT6-03 em Santa Maria, com o intuito de garantir melhores condições operacionais para o cumprimento do Contrato de Prestação do Serviço de Transmissão (CPST) na região nordeste do Pará. De acordo com o gerente da Divisão, Fábio Marinho, “um dos benefícios da entrada desse autotransformador em operação é ampliar a capacidade de transformação e atender o critério N-1, que é ter a flexibilidade de desligar o equipamento sem causar ...

Leia mais →

Equipes de Mato Grosso são capacitadas para trabalho em espaços confinados

Cerca de vinte empregados da Eletrobras Eletronorte foram capacitados pela Norma Regulamentadora 33, entre os dias 26 e 30 de setembro. O treinamento que ocorreu na Sede da Empresa em Cuiabá e na Subestação de Coxipó, teve por objetivo capacitar os colaboradores a atuarem em espaços confinados. A Norma categoriza o espaço confinado como “qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possua meios limitados de entrada e saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio”. Em levantamento realizado em 2015, foram identificados mais de 300 ...

Leia mais →